CISAB - Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico da Zona da Mata de Minas Gerais
(31) 3891-5636

Nova gestão do DMAES Ponte Nova completa 100 dias

11/04/2017

No dia 10/04 completou-se 100 dias da nova administração municipal e nova gestão do DMAES Ponte Nova. Diante de balanço feito das obras, podemos afirmar que os resultados foram impressionantes, com retorno popular positivo.

Muitas obras de pequeno e grande porte, algumas com décadas de transtorno a população, e outras emergenciais de grande impacto social que precisaram de medidas rápidas e com máxima eficiência. Decisões importantes, com ações imediatas mudaram o curso da vida de inúmeros ponte-novenses, como é o caso dos moradores da rua João Mayrink, que, além da impossibilidade de transitar em períodos chuvosos, ainda corriam risco de morte.

Em 100 dias, o DMAES concluiu mais de 8000 (oito mil) serviços. Isso nos dá uma média de 80 serviços por dia; 3,3 serviços por hora e um serviço concluído a cada 20 minutos. Dentre todos esses serviços, podemos destacar:

- 553 serviços de vistoria;

- 675 vazamentos contidos;

- 91 recomposições de asfalto;

- 61 fornecimentos de caminhão pipa;

- 179 passeios retificados;

- 287 calçamentos refeitos;

- 454 ligações de água e esgoto;

- 433 mudanças de padrão;

- 719 serviços em rede de esgoto;

- 758 trocas de hidrômetro;

- 2293 cortes efetuados.

Obras básicas emergenciais

Dentre os 8000 serviços, alguns foram de extrema importância, pois remetia ao direito básico do cidadão, como foi o caso da Avenida Getúlio Vargas (Triângulo), Travessa Ordalino Rodrigues (Triângulo), rua Inhá Torres (Guarapiranga), Rua Meridional (Santo Antônio), rua Sebastião Francisco de Oliveira (Guarapiranga), rua dos Distritos (Sumaré), rua Carlos Gomes (Esplanada) e bairro Santa Tereza. Nesses locais foram feitas construções de redes de água e/ou esgoto. Os problemas eram constantes e geravam inúmeras reclamações diariamente, por falta do abastecimento de água ou decente rede de esgoto.

Destacamos o caso da rua João Piranga (Triângulo) que sofria com problema em sua rede de esgoto que durava mais de 30 anos, incomodando severamente moradores e transeuntes.

Obras em parceria

Algumas obras foram realizadas em parceria com a Secretaria de Obras (SEMOB), como a cratera da avenida José Grossi (Guarapiranga); rede pluvial e esgoto da João Mayrink (Cidade Nova); rede pluvial e esgoto na avenida Arthur Bernardes (Centro), resolvendo problema de afundamento de asfalto.

O trabalho conjunto da SEMOB e DMAES gerou grande satisfação para a população, levando dignidade e direito de ir e vir. No caso da cratera do Guarapiranga, o trabalho foi excepcionalmente rápido, sendo concluído em apenas uma semana.

Atendimento e servidores

Além do trabalho de obras, ressaltamos também o avanço acerca do atendimento e comunicação. Conseguimos ampliar em 20% o atendimento, o que contribuiu para aumento significativo do número de serviços executados. Ampliamos nossos canais de comunicação com a população, levando informações em tempo integral sobre todos os nossos feitos, acontecimentos e até obras previamente informadas para precaver a população e evitar transtorno.

Conseguimos a liberação da progressão salarial bienal em data correta, o que gerou grande satisfação entre os servidores, aumentando também a produtividade. Desde 2002 o biênio não era pago em data proporcional a contratação, e em menos de 3 meses a nova gestão resolveu o problema!

Outro grande avanço para os colaboradores foi a implementação da CIPA (Segurança do Trabalho), com inúmeras atividades voltadas para a segurança do servidor, como o diálogo de segurança semanal, conscientização do uso de EPI (equipamento de proteção individual) e ginástica laboral.

Uma forma mais justa e gentil de tratar o servidor garante a qualidade do serviço prestado, que é refletido diretamente na qualidade do que chega à casa do consumidor.

Desafios

Em meio a tantas conquistas, alguns desafios foram propostos. Uns foram sumariamente superados, outros ainda lutamos para vencer e poder oferecer ainda melhor qualidade de trabalho:

- Dívida ativa;

- Hidrômetros parados;

- Mão-de-obra reduzida;

- Férias de servidores (reduzindo ainda mais a mão-de-obra)

- Troca de rede de distribuição;

- Programa de redução de perdas;

- Regularização dos cortes;

- Colocar ordens de serviço em dia;

- Fiscalização de serviços terceirizados;

- Recomposição da massa asfáltica.

Em 100 dias apenas conseguimos grandes conquistas para a população e para os servidores. O trabalho do DMAES está ainda em seu início, apesar dos números serem consideravelmente impressionantes. Diante de tantos desafios e conquistas, podemos dizer que a união superou tudo.

Fonte: Assessoria de Comunicação do DMAES